quinta-feira, 6 de abril de 2017

Você confia nos orgãos públicos de preservação?

Sempre que encontramos aves em situação de risco, sempre recomendamos de modo formal que a pessoa recorra aos órgãos especializados em tratar essas aves. Entretanto, todos sabemos que esses serviços estão em colapso e raramente atendem.

Geralmente nos indicam que levemos o animal para a unidade do IBAMA mais próximo, mas há boatos de que após os animais chegarem lá, são imediatamente eutanasiados ou são vendidas para criadores e particulares, caso tenham valor comercial. Há alguns dias encontrei no R7 ainda em 2013 uma reportagem onde os candangos se queixavam do 'excesso' ou acerca do suposto perigo que os pombos poderiam representar e eis  a resposta de um veterinário da Diretoria de Vigilância Ambiental:

Caso algum morador encontre filhotes, aves doentes ou debilitadas, pode colocá-los em uma caixa e entregar na Secretaria de Saúde, para que sejam sacrificados por meio de um anestésico que é inalado pelos bichos, de acordo com protocolo do Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Sem mais.

Fonte: Arquitetura de Brasília favorece procriação de pombos, trazendo riscos à saúde dos moradores pelo portal R7 e acessado em 06/04/2017 as 05:20).


Nenhum comentário:

Postar um comentário