sábado, 3 de agosto de 2013

Amigas Emplumadas


Diariamente recebo a gentil presença das pombinhas que aparecem pra me visitar e esperar por comida, somente ao perceberem minha pessoa, já aparecem um bando em minha calçada.

Geralmente aparece o bando habitué de oito pombas, sendo que uma delas morreu atropelada, e outro é um eterno adolescente (no centro da imagem), e há alguns dias tenho a impressão que estão aparecendo de outros bandos. Raramente aparecem pardais, rolinhas e afins. Sempre as alimento com sementes.

Já apareceram pessoas que me criticam por alimentar essas aves, pois supostamente posso receber a "doença do pombo", o que é um mito, já que nunca vi ninguém com essa suposta doença e geralmente só pode haver contágio se a pessoa comer o animal ou as fezes de uma ave eventualmente contaminada.

Mesmo assim o risco de contágio é ínfimo, são as mesmas doenças que um passarinho "domestico", uma ave tida como "nobre" ou que um cão ou gato podem passar.