segunda-feira, 1 de julho de 2013

Dieta de Pardais


1) Filhote 


Quantidade: Dar esta mistura a cada duas ou três horas, de acordo com o que vai digerindo. Dê alimento balanceado para cães ou gatos (light), do tipo PREMIUM. 

Com NESTON: Pode-se adicionar a cada três dias um pouco de gema de ovo. Caso queira, dê um pouco durante a manhã. Observe se digere e defeca bem, e SE NÃO TEM DIARREIA, E QUE SUAS FEZES NÃO ESTEJAM ESVERDEADAS. 

A noite os filhotes não comem, eles começam a comer no nascer do Sol e terminam no pôr-do-sol. 

¾ Partes de ração balanceada PREMIUM (Recomenda-se ração para gatos, pois possuem maior valor nutricional, sendo mais próximas do que o filhote precisa. 

¼ Partes de maçã ralada. 

¼ De Neston de 3 Cereais. 

Os filhotes de pardais podem ter vermes e parasitas, ou algumas enfermidades que podem matá-lo, portanto o IDEAL é fazer uma consulta veterinária para descartar qualquer risco. 

2) Adulto 

Dê uma dieta variada, aproveite os cereais que o homem usa para alimentar o gado e sementes que integram a dieta das aves de criação, é comum vê-los sobrevoar os depósitos de cereais, galpões de estações ferroviárias, silos ou qualquer lugar onde encontram grãos. 

Mas a dieta não é somente granívoro, já se pode incluir verduras, frutas e hortaliças e inclusive as sobras de comida. Outro componente importante de sua alimentação na época de juventude são os insetos e aranhas. 

3) Observações 

Se encontrá-lo em sua casa O IDEAL É DEIXA-LO DENTRO DE UMA GAIOLA, para que os pais venham alimentá-lo até que tenha suas asas listradas, estando assim preparado para partir. 

Logo virão os pais, e através das grades depositam comida em seu bico, além disso os filhotes chamam por seus pais e esses tomam a responsabilidade de alimentar o filhote. 

Mas preste muita atenção se os pais não vierem, pois podem ter sido mortos por um automóvel, por um ataque de estilingue ou por vários outros motivos. Se não está com seus pais e não houver nenhuma OUTRA POSSIBILIDADE, faremos o melhor possível para fornecer a alimentação possível semelhante a provida por seus pais, mas NÃO SOMOS SEUS PAIS. E antes de qualquer mudança em sua rotina, peça ajuda a um veterinário especialista em AVES o mais rápido possível. 

Atenção! Dê pouca verdura, e que sejam as menos tóxicas, ou seja; repolho, couve-flor e todas aquelas que dão cor em sua cozinha, POIS PODEM MORRER INTOXICADOS. 

Recomendamos que entre em contato com a comunidade do Facebook chamada Refugio de Aves - Pájaros Caídos e deixe uma foto da ave, para que possamos saber sobre a espécie, idade e o estado em que ela se encontra para melhor ajuda-lo. Obrigado. 

As dietas publicadas nessa página foram aprovadas por todos os médicos veterinários especialistas em aves, e fornecidas para alimentar um filhote de PARDAL. Qualquer dúvida procure um veterinário ESPECIALISTA EM AVES. 


Fonte: http://pajaros-caidos.blogspot.com.ar/2010/01/dieta-de-gorriones.html (Acessado em 20/06 de 2013 ás 10:00). Publicado por Clara Correa e traduzido por Felipe Lobo.

11 comentários:

  1. Não intendi muito bem....Devo misturar todos os ingredientes listados para dar ao pardal filhote? Devo acrescentar água aos ingredientes para ficar como uma papinha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, misture com água, como uma papinha mesmo.

      Excluir
    2. Pode usar ou a mistura indicada ou comprar a pronta que vendem nos petshops.

      Excluir
  2. Olá Felipe,
    Caíram 2 pardais em meu quintal já grandes, com penas.
    Coloquei uma gaiola para eles e a mãe vinha todos os dias dar comida.
    Um deles já voou e foi embora, mas o outro ainda está aqui.
    Notei que as penas dele ainda estão se desenvolvendo, tem um pequena fileira de penas brancas na base das asas ainda e as penas da cauda estão parecendo desfiadas.
    A mãe dele vem bem menos agora e estou dando uma ração que é uma mistura de quirera de milho bem moída e algumas outras sementes bem pequenas também, bem fina mesmo e segundo a loja ela contém vitaminas.
    Notei que o pardal gosta muito e passa o dia comendo ela.
    Também coloco fatias de mamão que ele devora.
    Mas não sei o que fazer quanto as asas, será que a alimentação não está suprindo ele com proteínas?
    Já faz mais de um mês que ele está na gaiola e vejo que tenta dar uns voos, mas as penas não dão sustentação.
    Gostaria de saber se tem alguma dica para me ajudar, que tipo de comida eu poderia dar para acelerar o desenvolvimento das asas dele.
    Muito obrigado pela atenção e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá sérgio. o que pode ser feito é reforçar a alimentação desse que está menor, é comum um filhote crescer mais que o outro, pode dar além de sementes de mistura de canário, também rações com insetos (como a da nutripassaros) ou a papinha da alcon para filhotes pássaros. além de farinhada de ovo e cálcio líquido. pode-se dar também complexo vitamínico, como o orosol ou avitrim.

      Excluir
    2. Muito obrigado Felipe pelas dicas, vou comprar a ração com insetos e me orientar sobre as vitaminas.
      Quando ele voar eu aviso aqui.
      Obrigado e grande abraço.

      Excluir
  3. Qual a melhor gaiola pra comprar pro pardal?

    ResponderExcluir
  4. Na preparação dessa ração para filhotes, a ração de gato tem que umidecer antes de usar? Tem validade de quanto tempo?

    ResponderExcluir
  5. Encontrei no meu quintal um filhotinho de passárinho, e ele é bem pequinininho o que eu dou para ele comer como cuida-lo ? Por favor me ajudem não quero que ele mora.

    ResponderExcluir
  6. Estou em duvida quando a raça dos pássaros que estou criando caíram do ninho...VC pode me ajudar??

    ResponderExcluir